Quando a gente é criança ou adolescente, não entendemos certas verdades: parece que nunca vamos crescer, que tudo que temos e somos será para sempre. Aí, é quando sentimos aquela primeira fisgada no joelho, percebemos então que já não podemos mais dar três voltas correndo em volta da quadra sem parar. Ou só acreditamos que o tempo realmente passou e passa quando não sabemos mais identificar um super-ultra-novo aparelho eletrônico de geração mp3,4,5,10, 1000, e sentimos saudades das velhas fichas de orelhão e dos truques para que elas fossem usadas várias vezes. Ou então, quando vemos as fotos antigas e sentimos saudades daquelas roupas que usávamos: por onde andam? Será que ainda nos serviriam? É pessoas, hoje são os jovens que riem de nós, por não acompanharmos sua velocidade. São eles que nos acham caretas, antigos, bregas, desinformados, e o que nos resta é correr contra o tempo para descobrir, mesmo sendo professora de inglês, qual o sentido de rebolation tion. Embora soe estranho, é por isso que sou uma pessoa feliz profissionalmente: trabalho com crianças que estão no auge de suas atividades e elas renovam meu espírito diariamente. É como se, com sua pureza, elas me permitissem rir da vida sem culpa. E rir delas, pobrezinhas, mal sabem que logo elas serão os zoados (se essa já não for uma gíria idosa). E que elas podem fazer coisas a anos-luz de nós, mas que nunca nos alcançarão na velha experiência: o gostinho de sempre já ter lido antes delas o que está acontecendo e de ter a resposta para as suas mais verdadeiras dúvidas, aquelas que o rebolation tion não responde e nem responderá nunca de nuncarás

Anúncios

3 comentários sobre “

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s