Leve me leve…


Tempos sem postar. Escrevo para aliviar as dores da alma. E não ter escrito é um bom sinal. Devagar as coisas vão se ajeitando, se encaminhando, se resgatando. Estar feliz é muito bom. Estar feliz é estar tranquila, serena, leve. É estar completa.

Estar completa é estar suficiente. Fechada para problemas, grilos, incomodações. Mais que suficiente, estou auto-suficiente. Não no sentido de me auto-completar, mas de saber exatamente o que me completa.

Leve, leve, muito leve,
Um vento muito leve passa,

E vai-se, sempre muito leve.
E eu não sei o que penso
Nem procuro sabê-lo.

(Alberto Caeiro)
Anúncios

Um comentário sobre “Leve me leve…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s